Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia SC

Cemitérios no Equador entram em colapso por falta de túmulos após terremoto

QUITO — O cemitério municipal de Pedernales, cidade no epicentro do terremoto de sábado, entrou em colapso. Já não há mais túmulos para abrigar os mortos pela tragédia do tremor de 7,8 graus, que deixou cerca de 525 vítimas fatais e 4 mil feridos no país. E coveiros abrem covas onde podem, numa situação em que as próprias famílias já não sabem por onde caminhar. Esta madrugada, dois novos tremores de 6,2 graus foram sentidos em várias cidades do país.

Em Pedernales, o abalo levou 152 pessoas à morte. Os enterros eram simultâneos e o padre ia de um velório para outro, conta o jornal “El País”. Com a capacidade das empresas funerárias no limite, mesmo caixões com defeitos foram vendidos e não saíram barato.

As filhas de Wilfrido Amado Laaz, de 84 anos, contam que tiveram que pagar uma alta quantia para conseguir enterrá-lo de forma digna.

— Tivemos que pagar no cartão de crédito, pois não temos dinheiro — contou Nieve Laaz, que comprou o caixão por cerca de US$ 650. — Por fora, ainda teve o processo envolvendo mão de obra e os materiais, que saiu por mais US$ 600.

Muitos alegavam que tinham familiares em tumbas do cemitério e que gostariam de colocar mais um pessoa no mesmo jazígo. Outros falavam com o coveiro e começavam a cavar.

Os mortos que não puderam ser enterrados no cemitério de Pedernales foram levados a um outro, privado, que fica fora da cidade. Os que tinham família fora da localidade também tiveram de ser levados até lá. Como resultado, as estradas das regiões atingidas foram tomadas por um intenso tráfego de cortejos fúnebres.

 

Posts Relacionados

Banco BV leva educação financeira ao Instituto Adria Santos

Rota aérea Florianópolis-Lisboa abre caminho para novo hub de cargas no sul do Brasil

Grupo Koch estima crescimento de 37% na venda de vinhos e espumantes nas lojas da rede

K-Platz Hotel completa três anos de operação com resultados expressivos

Cursos técnicos do SENAI de Brusque estão com matrículas abertas para o segundo semestre

MPF abre seleção para estágio de graduação e pós-graduação em Florianópolis e mais nove cidades de SC

Aprovação de Projeto de Lei beneficia instituições de saúde catarinenses hospitais públicos municipais e filantrópicos

A valorização da história e das potencialidades da mulher negra

Costão comemora resultado do primeiro semestre de 2024

Geólogos de SC orientam desocupações no Vale dos Vinhedos após inundações no RS