Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES

Mãe e filho presos por furto de celular durante o Carnaval de Balneário Camboriú

Na última terça-feira, dia 13, durante o policiamento preventivo ostensivo realizado pela Polícia Militar como parte da operação estação verão e em função do evento de carnaval, na altura da Rua 1.200 da Avenida Atlântica, um indivíduo foi detido após ser apontado por populares como responsável por furtos de celulares. O suspeito tentou fugir, mas foi capturado pelas autoridades.

Posteriormente, o suspeito foi conduzido ao CCO (Central de Comando de Operações) do evento. Além dele, sua mãe, que estava presente no momento da abordagem, também foi levada pelas autoridades e possivelmente está envolvida nos furtos de celulares. Durante o procedimento e o interrogatório dos envolvidos, uma das vítimas compareceu ao local e reconheceu os suspeitos. Um agente da guarda municipal, que testemunhou os acontecimentos e participou da perseguição e prisão, também foi ouvido.

Os suspeitos negaram qualquer envolvimento nos crimes, porém a vítima imediatamente os reconheceu como os autores do furto.

Durante a qualificação do principal suspeito, foi encontrado dentro do plástico que protegia seu documento de identidade dois microchips de celulares, além de constar em consulta ao SISP que ele tinha passagem por furto. Da mesma forma, ao verificar a ficha da mãe do suspeito, constatou-se que ele tinha passagem por receptação de aparelhos celulares.

Diante dos fatos apresentados, os suspeitos foram presos e informados de seus direitos constitucionais. Eles foram então encaminhados, juntamente com a vítima, à delegacia de polícia para os procedimentos administrativos necessários.

Segundo informações fornecidas pela Polícia Militar, houve um total de 12 registros de furtos de celulares durante o período do carnaval. Contudo, a complexidade das operações realizadas por grupos dificulta a captura dos envolvidos. O tempo transcorrido entre a percepção do furto pela vítima e a ação policial é considerável, permitindo que os grupos ajam com astúcia, distribuindo os aparelhos entre vários participantes.

Posts Relacionados

Hospital do Coração deve receber pacientes levados pelo SAMU em Balneário Camboriú

Inscrições abertas para vender gastronomia gaúcha na Festa Farroupilha de Balneário Camboriú

Briga por herança termina com tiros e prisão no interior de Camboriú

Vereadora Juliana Pavan propõe mudanças no estacionamento rotativo em áreas comerciais

Camboriú abre inscrições para curso gratuito de Corte e Costura

Briga de vizinhos: homem alega que estava sendo filmado ilegalmente em Balneário Camboriú

SCGÁS e SENAI Itajaí estão com inscrições abertas para curso gratuito de instalador e encanador gasista

Núcleo Solidário de Camboriú entregará peças de agasalho à famílias vulneráveis no sábado (03), no Conde Vila Verde

Quatro mulheres detidas com R$ 10.000 em produtos furtados de shopping em Balneário Camboriú

Corte do bolo pelos 60 anos de Balneário Camboriú será realizado em dois locais neste sábado