Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
DESTAQUES

Pessoas físicas e jurídicas podem investir parte do Imposto de Renda em projetos sociais

dinheiro real moeda imposto icms selic

O direcionamento pode ser feito diretamente no preenchimento da declaração anual. Processo é legal; confira as porcentagens

 

Pessoas físicas e empresas podem direcionar porcentagens do Imposto de Renda, diretamente no preenchimento da declaração, para fundos que apoiam o terceiro setor – proteção de crianças, adolescentes e idosos, bem como incentivo ao esporte e cultura. O processo, totalmente legal, considera leis de incentivo fiscal do governo federal. O advogado Thiago Alves, especialista em compliance tributário e sócio-diretor do Instituto Brasileiro de Gestão e Planejamento Tributário (IBGPT), explica os trâmites.

 

“Um contribuinte, na figura de pessoa física, pode doar até 6% do seu imposto de renda. Esse valor se aplica aos fundos dos direitos da criança e do adolescente, bem como aos fundos dos direitos do idoso, sendo até 3% para cada”, declara o especialista. “Para fazer esse direcionamento, é possível fazer uma doação ao Fundo de escolha e lançá-la como uma dedução no IRPF, ou doar ao entregar a declaração anual, completa.

 

Já no caso das empresas, há um requisito necessário: os negócios precisam ser tributados no lucro real. Elas podem direcionar 2% para a Lei de Incentivo à Cultura e 2% para a Lei do Audiovisual. Ou, caso o contribuinte prefira, 4% para apenas uma delas. “Ainda é permitido destinar 1% para os fundos da criança e adolescente e idoso, à Lei Federal do Esporte, e até para programas de acessibilidade e apoio oncológico”, compartilha Alves.

 

Assim como IRPF, as empresas devem avisar seus contadores sobre a intenção de fazer a doação no ato da declaração ou, no outro caso, anteriormente à prestação de contas. “Ou seja, se um contribuinte acredita que o governo não aplica bem os impostos, ele tem a possibilidade de investir parte deles em projetos sociais em vez de dar tudo para o Fisco”, pontua o advogado.

 

Entrega das declarações

Conforme divulgado pelo Estadão, a entrega da declaração do Imposto de Renda para pessoas físicas este ano deve iniciar em março, com prazo final de entrega para maio. No caso das empresas, a prestação de contas dos rendimentos deve finalizar em julho.

 

“Apesar da folga de alguns meses, o ideal para todos os contribuintes é que comecem a reunir os documentos e informes necessários, bem como separem as quantias para pagamento dos contadores, para que não tenham dores de cabeça lá na frente”, finaliza Alves.

____

Posts Relacionados

Hospital do Coração deve receber pacientes levados pelo SAMU em Balneário Camboriú

Inscrições abertas para vender gastronomia gaúcha na Festa Farroupilha de Balneário Camboriú

Briga por herança termina com tiros e prisão no interior de Camboriú

Vereadora Juliana Pavan propõe mudanças no estacionamento rotativo em áreas comerciais

Camboriú abre inscrições para curso gratuito de Corte e Costura

Briga de vizinhos: homem alega que estava sendo filmado ilegalmente em Balneário Camboriú

SCGÁS e SENAI Itajaí estão com inscrições abertas para curso gratuito de instalador e encanador gasista

Núcleo Solidário de Camboriú entregará peças de agasalho à famílias vulneráveis no sábado (03), no Conde Vila Verde

Quatro mulheres detidas com R$ 10.000 em produtos furtados de shopping em Balneário Camboriú

Corte do bolo pelos 60 anos de Balneário Camboriú será realizado em dois locais neste sábado