Notícias Balneário Camboriú Esportes Entretenimento Eventos Política Empregos Camboriú Itajaí Itapema Navegantes Santa Catarina Brasil e Mundo
Noticia BR

Dor de cabeça pode ter relação com a coluna, entenda

A Academia Brasileira de Neurologia (ABN) estima que 93% da população brasileira já sentiu algum tipo de dor de cabeça, e com o aumento do home office e do uso de tecnologias esse número só vem aumentando. Com isso a quiropraxia se torna a principal aliada no tratamento dessa “epidemia”. O alinhamento da coluna possibilita que o sistema nervoso funcione corretamente.

Janeiro 2024 – “Quando alinho a coluna de uma pessoa, a técnica permite que a conexão entre o cérebro e o corpo dela funcione de forma correta e sem interferências, melhorando também a circulação sanguínea do local, além de prevenir ou resolver problemas como dores de cabeça e muitos outros”, conta o especialista em quiropraxia Samuel Montemezzo, dono de rede de clínicas do gênero do Sul do país, a Vital Quiropraxia, com unidades em Santa Catarina e também no Rio Grande do Sul.

Bem-estar, relaxamento, melhores noites de sono e mais disposição durante o dia também são alguns dos benefícios que os ajustes na coluna, promovidos pela quiropraxia, oferecem ao corpo humano, de acordo com Montemezzo, que acaba de inaugurar clínica no centro da cidade catarinense de Itajaí.

Segundo a Academia Brasileira de Neurologia (ABN), nos dias de hoje cerca de 93% da população brasileira sofre com dores de cabeça, sendo na maioria das vezes relacionados com a coluna, devido à tensão e má postura. Amplamente difundida no exterior, a profissão de quiropraxista vem ganhando mais adeptos no Brasil, já que a técnica contribui na qualidade de vida, inclusive, melhora o sono, digestão e disposição, além de prevenir e evitar procedimentos cirúrgicos.

“Correção da postura, melhor desempenho físico, diminuição da tensão muscular e maior fluxo sanguíneo também são benefícios que a técnica garante ao paciente”, complementa o profissional. “O desalinhamento na coluna e mau funcionamento do sistema nervoso causa lesões e problemas ortopédicos, como hérnia de disco, bico de papagaio e dores no nervo ciático. Fortes dores de cabeça também são queixas comuns dos pacientes e todos esses casos são passíveis de tratamento com a quiropraxia”, comenta Samuel.

Em Itajaí, a Vital Quiropraxia está localizada na Rua Herculano Corrêa, número 127, no centro da cidade. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 14h às 19h. Agendamentos podem ser feitos pelo WhatsApp (47) 9 9658-1303 ou pelo fone (47) 3248-3785.

Como funciona o tratamento?

A quiropraxia é um procedimento rápido e objetivo que pode ser aplicado em todas as idades, inclusive em recém-nascidos para que eles possam se desenvolver com o seu corpo no máximo potencial, além de atuar na prevenção de doenças.

O primeiro passo do tratamento, após encontrar a causa do problema, é buscar ajuda profissional e não focar apenas no uso de medicamentos, pois devem apenas aliviar a dor, sem corrigir a causa. “Além de ter cautela no uso de remédios, é preciso atenção às cirurgias. Muitas vezes a intervenção cirúrgica deixa o paciente ainda mais debilitado, considerando a idade, o estilo de vida e o histórico de saúde”, reforça o especialista.

Sobre a Vital Quiropraxia

Há 13 anos no mercado, a Vital Quiropraxia possui duas unidades em Caxias do Sul (RS), além de uma clínica em Itajaí (SC) que acaba de ser inaugurada. Possui metodologia norte-americana que atua, além do alívio dos sintomas, na correção dos problemas que tanto atrapalham a vida diária das pessoas. Samuel Montemezzo é membro da Associação Brasileira de Quiropraxia (ABQ) e da World Federation of Chiropractic (WFC). E também atua como docente do curso de Quiropraxia na Universidade UCEFF em Chapecó.

https://vitalquiropraxia.com.br/

Posts Relacionados

Sabores olímpicos: 10 PASTÉIS lança linha exclusiva de pastéis em homenagem às Olimpíadas

Santander lança bolsas de estudos para cursos de inteligência artificial em parceria com o Google

Relações Internacionais e Comércio Exterior: quais são as diferenças entre as graduações?

73% dos esportistas do Sul não contaram com incentivo financeiro na infância, aponta Serasa

Nomes curtos e bíblicos ganham espaço nas certidões de nascimento

Previdência: “Pente-fino” em 800 mil benefícios movimenta o mercado

Farmtech recebe investimento de 10 milhões de dólares da Bewater

Diário da Cidade

Serasa lança desafio de faxina em 3 minutos com influenciadores de limpeza no TikTok

INSS: como recorrer de decisão negativa?

Iniciativa Privada cresce 203% no atendimento a municípios em 4 anos de Marco Legal, revela Panorama do Saneamento